Boletim de Comércio Exterior 08/2020

18 Agosto 2020
/ Boletim de Comércio Exterior

O quantum de exportações teve bom desempenho em julho, com alta de 14,9% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os preços, contudo, tiveram forte queda, de 14,8%, o que explica a redução do valor exportado no mês.

O crescimento do quantum concentrou-se nos bens básicos (28,0%) e semimanufaturados (27,4%), contrastando com a queda dos manufaturados (-10,2%). No acumulado do ano o quadro é semelhante, com alta concentrada nos produtos básicos (13,4%), especialmente produtos da agropecuária e extração de petróleo. No acumulado do ano o quantum teve crescimento de 1,8%, ao passo que os preços tiveram queda de 8,4%.

As importações em julho tiveram contração tanto do quantum quanto dos preços, na comparação com julho de 2019 (-29,2% e -8,5%, respectivamente). O mesmo ocorre no acumulado do ano, com redução de 2,8% do quantum e de 8,1% dos preços. A queda do quantum em julho atingiu todas as categorias econômicas e quase todos os setores de atividade, com exceção de Agricultura e pecuária e Bebidas.

Os preços também caíram na grande maioria dos produtos. No período janeiro-julho, houve crescimento apenas no quantum importado de bens de capital (18,3%), em função da alta das compras de Máquinas e equipamentos (16,4%) e de Outros equipamentos de transporte (64,8%) − neste segundo caso influenciada pelo aumento das importações fictas de plataformas de petróleo.

Os termos de troca tiveram aumento de 0,5% na passagem de junho para julho, mas acumulam queda de 6,9% em relação a julho do ano passado. Note-se que de fevereiro a julho deste ano a tendência dominante foi de queda dos termos de troca, acumulando perda de 7,3% no período. A razão de quantum cresceu 62,4% em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado, e acumula no ano alta de 6,4%.

boletim
©Copyright  |  FUNCEX  |  Todos os direitos reservados